Busca  
  Economia   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

O açúcar fez a riqueza dos senhores de engenho do Nordeste

Photos.com/thinkstock/Getty Images

Instalar um engenho e fazê-lo produzir custava muito dinheiro. Mas o negócio era extremamente rentável. Alguns senhores possuíam várias propriedades, chegando a concentrar um patrimônio digno de reis. Além do investimento feito pelos portugueses, os primeiros engenhos, montados no século XVI, receberam capitais emprestados da Holanda e, principalmente, da Itália.

A partir do século XVII, esses recursos ficaram mais escassos. Nesse momento, entraram em cena os comerciantes e seus créditos. Os senhores de engenho representavam a força econômica no Período Colonial. A atividade açucareira teve altos e baixos, mas até a metade do século XIX dominou as exportações brasileiras.


   Nesta matéria
O engenho de açúcar
A mão de obra indígena
A mão de obra africana
A ascensão dos reis do açúcar
A urbanização no Brasil
A sobrevivência do sistema colonial
Próxima