Busca  
  História regional   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

De capitania pobre à metrópole
Capitania pobre e esquecida, no início da colonização, São Paulo começa a se destacar na época da descoberta do ouro nas Minas Gerais, em 1695. O empenho dos bandeirantes em encontrar minérios rendeu aos paulistas a fama de persistentes e ousados. O período do café também foi decisivo para sua expansão. Com a imensa riqueza obtida com essa produção, os cafeicultores passam a influir nas decisões econômicas e políticas do país até 1930. Uma boa infraestrutura para a instalação de fábricas e a concentração de mão de obra tornam o Estado atraente aos investidores estrangeiros na década de 1950. Muitas multinacionais começam a instalar-se em São Paulo. O desenvolvimento industrial é acompanhado do crescimento de um complexo sistema financeiro. A capital do Estado "explode" nos anos de 1970, que terminam em recessão e desemprego. As décadas de 1980 e 1990 assistem ao revigoramento do interior e à modernização das grandes cidades, mantendo o Estado em sua posição de destaque nas decisões políticas e econômicas do país






   Nesta matéria
Trajetória da cidade
Próxima