Busca  
  Era Contemporânea   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

O Brasil na guerra: a cobra fumou

FEB

No começo da década de 1940, a menos de um ano do começo da Segunda Guerra Mundial, a Alemanha já ocupava quase toda a Europa – menos a Itália, sua aliada, Portugal, Suíça e Suécia, neutros. No Brasil, a realidade da guerra parecia distante; a ditadura do Estado Novo do presidente Getúlio Vargas mantinha uma neutralidade frente aos acontecimentos europeus. Contudo, o torpedeamento dos navios mercantes brasileiros Baependi, Araraquara, Aníbal Benévolo (os três atacados no litoral do Sergipe), Itagiba e Arará (atacados no litoral da Bahia), somado à pressão popular e dos Estados Unidos, fez o governo declarar guerra à Alemanha nazista e à Itália fascista.

  



 



   Nesta matéria
Nem pró, nem contra
A pressão dos EUA
Decisão, afinal
Surge a FEB
Liberdade começa em casa
Próxima