Busca  
  Literatura   
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.  

Por que não se pode falar em estilo pré-modernista?

Bruna Tiso



Durante as primeiras duas décadas do século XX, enquanto a Europa se via invadida pelos movimentos da vanguarda modernista, a literatura brasileira ainda se encontrava dominada pelos estilos surgidos no século anterior. Parnasianismo e Simbolismo predominavam na poesia e Realismo e Naturalismo, na prosa. Mas alguns escritores rompiam com essas quatro tendências: ainda que seguindo estilos diferentes, cada um antecipava a seu modo as inovações que seriam propagadas pelos modernistas de 1922. Entre esses escritores destacam-se Graça Aranha (1868-1931), João Simões Lopes Neto (1865-1916) e, principalmente, Euclides da Cunha, Augusto dos Anjos, Lima Barreto e Monteiro Lobato.



   Nesta matéria
Euclides da Cunha (1866-1909)
Augusto dos Anjos (1884-1914)
Lima Barreto (1881-1922)
Monteiro Lobato (1882-1948)
Próxima