Busca  
  Livros - resenhas e análises   
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.  

Crime do Padre Amaro
Publicada em 1875, a obra de Eça de Queirós consolidou as ideias realistas que se implantaram em Portugal dez anos antes. Nesse romance, em meio a uma narrativa que recria o coloquialismo português, o autor ataca violentamente os vícios da sociedade da época e denuncia a hipocrisia burguesa e os abusos do clero.


   Nesta matéria
Análise da obra - parte I
Análise da obra - parte II
Análise da obra - parte III
Vida e obra de Eça de Queirós
Próxima