Busca  
  Livros - resenhas e análises   
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.  

Vidas secas

Mídia digital Pearson/ Bruna Tiso

Considerado o melhor romancista da rica geração de prosadores da década de 1930, Graciliano Ramos apresenta em seu quarto romance uma família de retirantes em meio a duas secas. Eliminando o que não é essencial, como descrições minuciosas, frases feitas e lugares-comuns, Vidas secas, adaptado para o cinema por Nelson Pereira dos Santos, retrata em 13 capítulos independentes o drama social e geográfico do povo nordestino condenado às limitações da existência, ao autoritarismo e à repressão imposta pelo mais forte, seja este o poder, seja este a natureza.






   Nesta matéria
Análise da obra - parte I
Análise da obra - parte II
Análise da obra - parte III
Análise da obra - parte IV
Análise da obra - parte V
Vida e obra de Graciliano Ramos
Próxima