Busca  
  Geografia   
  

Recife, Salvador e Fortaleza: polos econômicos do Nordeste

Vinicius Tupinamba/Shutterstock

A região Nordeste é caracterizada por sua coesão histórica e econômica. Foi um dos principais centros econômicos do início da colonização do Brasil.

O processo de ocupação se deu de acordo com a aptidão para atender a produção de produtos para o consumo do mercado externo. Como bem destacado pelos geógrafos Manuel Correia de Andrade e Sandra Maria Correia de Andrade no livro A federação brasileira, esse processo ocorreu do litoral em direção ao sertão, deixando áreas nas porções ocidental da Bahia e do sul do Maranhão e Piauí subocupadas até o século passado.

A partir do século XVIII, a região passou a fornecer migrantes para outras frentes, em outros ciclos econômicos no país: mineração, borracha, cafeicultura, expansão do Rio de Janeiro e São Paulo e na construção da nova capital federal, Brasília, na década de 1950 e 1960.

O Nordeste apresenta regiões com econômica tradicional, entretanto, possui níveis bem evoluídos de industrialização, com centros modernos e diversificados, principalmente nos centros urbanos de Salvador, Recife e Fortaleza.


  




   Nesta matéria
Importância geopolítica
Salvador
Recife
Fortaleza
Impacto do Mundial
Próxima