Busca  
  Arte   
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.  

Um brevíssimo passeio pela arte brasileira
Entre os dias 23 de abril e 7 de setembro de 2000, aconteceram megaeventos envolvendo arte e cultura como contexto histórico do país. São Paulo foi palco da Mostra do Redescobrimento, denominada 'Brasil+500', em homenagem aos 500 anos de descobrimento do país. O evento foi a maior vitrine de exposições já produzida em solo brasileiro, distribuída por 60 mil m2 do Parque Ibirapuera e dividida em 13 módulos temáticos, que abrigaram 15 mil obras. Foram expostos quadros, esculturas, instalações, utilitários, antiguidades, entre muitas outras coisas, como fósseis de dinossauros que habitaram o país há milhares de anos. A megaexposição recebeu mais de 1,8 milhão de pessoas. Veja aqui uma pequena seleção do rico acervo cultural apresentado na Mostra.

Contendo materiais afro-brasileiros, obras do período barroco (século 17) e do Classicismo (século 19), movimentos e culturas que influenciaram e enriqueceram fortemente a cultura social e artística do país. Adaptados em pavilhões ambientados, para melhor compreender como elas atingiram o Brasil, proporcionando ao expectador obras de alguns dos maiores expoentes, tanto nacionais quanto internacionais, a Mostra recebeu obras de artistas como Pedro Américo, Almeida Júnior, Jean-Baptiste Debret, Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Aleijadinho, entre outros, do passado e contemporâneos. Também foram expostas artes e elementos de origem indígena e peças originais usadas por Lampião e Maria Bonita.

* Todas as imagens foram gentilmente cedidas pela Associação Brasil 500 Anos Artes Visuais.



   Nesta matéria
Nossa Senhora
Santa Maria Madalena
Taça
Tiradentes esquartejado
O homem amarelo
A Lua
Chapéu tipo sertanejo
Fachadas
Adelina Gomes
Vermelho cortando o branco
Afundamento de navios
Beethoven e o Vaticano
Próxima