Busca  
  História regional   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Sem desenvolvimento ou preservação
A Amazônia reúne, ao longo de seus 5,5 milhões de quilômetros quadrados, centenas de milhares de espécies animais e vegetais, tem um quinto da água doce da Terra e concentra enormes jazidas de minério. Mas a vida dos habitantes e as relações de trabalho ali estabelecidas nunca foram boas e pioraram ao longo dos tempos. No século XVI, os colonizadores, além de escravizarem os índios, provocaram a morte de grande parte da população da floresta. Durante o Ciclo da Borracha (1840 a 1913), os grandes proprietários de terras acumulavam fortunas e os seringueiros levavam uma vida miserável. Estagnada, a região praticamente vegetou até a década de 1970. A partir daí, com a descoberta de ricas jazidas minerais, surgiram na Amazônia projetos de exploração que provocaram grandes impactos ambientais e aceleraram a degradação social, cultural e econômica das populações nativas. A Amazônia continua à espera de uma intervenção firme dos poderes públicos e da implantação de projetos que permitam sua ocupação equilibrada.





   Nesta matéria
Ocupação do território
Próxima