Busca  
  Política externa   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Impacto da Guerra Fria
Capitalistas e comunistas exigem adesões.
A ascensão dos Estados Unidos e da União Soviética como novas potências mundiais após a Segunda Guerra Mundial intensifica a disputa internacional por maiores zonas de influência. O comunismo nos países da Europa do Leste, na China e no Sudeste Asiático gera uma contraofensiva norte-americana. A tensão é amenizada de tempos em tempos por uma ação militar verdadeira, provocada por um dos dois lados. O combate ao avanço do modelo comunista soviético torna-se a maior justificativa para que os Estados Unidos cobrem dos países em desenvolvimento seu alinhamento ao bloco capitalista. A América Latina, alvo das pressões norte-americanas em nome da cooperação desde o início do século, vê-se obrigada a posicionar-se nesse cenário internacional polarizado. A pior fase da Guerra Fria ocorre nas décadas de 1950 e 1960.


   Nesta matéria
O Brasil como grande parceiro
Rumo ao progresso
Países repensam suas posições
Próxima