Busca  
  Sociedade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Os Poderosos que Marcaram Época
A História não é feita de grandes nomes. O processo histórico é como uma obra em conjunto, participativa, em que contam as ações de todos os homens e mulheres da sociedade. Somos sujeitos históricos e, por esse motivo, nenhuma pessoa pode ser considerada mais importante do que a outra. Entretanto, isso não exclui o fato de que, em momentos específicos, alguns personagens tornaram-se marcantes e adquiriram um destaque maior que os demais. Muitos homens e mulheres gravaram seu nome para a posteridade em função do grande poder concentrado em suas mãos e acabaram sendo reconhecidos pelo exercício da autoridade ou pela usurpação do poder. São os casos, por exemplo, dos imperadores D. Pedro I e D. Pedro II, ou de presidentes como Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek. Outros, no entanto, como Golbery do Couto e Silva, atuaram nos bastidores da política e, com grande força, também imprimiram sua marca no país.

Cartaz feito pelo Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP) durante o Estado Novo.
Juscelino Kubitschek, um "presidente bossa-nova" que marcou época.




   Nesta matéria
Poder desde o Berço
Próxima