Busca  
  Sociedade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A insatisfação popular contra o governo
Entre 1930 e 1945, o Brasil enfrentou movimentos, como a Revolução Constitucionalista, em 1932, a Intentona Comunista, em 1935, a Intentona Integralista, em 1938, que levaram grande número de pessoas às ruas. Mas protestos ou tentativas de levantes não aconteceram apenas durante o governo de Vargas. Antes de seu primeiro mandato, homens pegaram em armas em São Paulo tentando derrubar as oligarquias que há anos vinham governando o país. Mais tarde, com a recessão econômica, o desemprego e o arrocho salarial, o povo manifestou seu descontentamento por meio de greves e passeatas. A insatisfação em São Paulo chegou a tal ponto que, em 1983, os manifestantes depredaram e saquearam lojas e até invadiram os jardins do Palácio dos Bandeirantes — sede do governo do Estado.


   Nesta matéria
Os tenentes rebelam-se
A Revolução de 1930
A Revolução de 1932
Integralismo, o fascismo tupiniquim
O suicídio de Getúlio Vargas
Manifestações contra a carestia
A eleição de Jânio Quadros
Tumultos em São Paulo
Próxima